#NoG20: Redadas policiais na Alemanha

Continuam as operaçons contra ativistas despois das redadas em catro paises europeos pola suposta participaçom nas protestas contra o G20 em Hamburgo. O dia 28 de junho publicava-se esta nova no portal alasbarricadas.org sobre várias redadas na Alemanha.

Ontem, a polícia alhanou ao menos 13 edifícios e apartamentos em várias cidades alemás. Hoje continuou com a operaçom e alhanarom 2 apartamentos em Göttingen, Alemanha. As redadas estavam relacionadas com a resistência «NoG20» do ano passado em Hamburgo.

De Enough is Enough. Por Riot Turtle. Imagem de acima: Reaçom em Frankfurt depois das redadas de ontem.

Umha das redadas de «NoG20» de hoje em Göttingen é moi significativa. A polícia alhanou um apartamento em base a imagens. Um tribunal em Hamburgo declarou que os polícias identificaram a umha «pessoa suspeitosa» por certas imágens. Na ordem de registo explica-se que a «pessoa suspeitosa» está acusada de assalto agravado o 7 de julho de 2017 em Hamburgo. Na ordem também aparece que o assalto foi tam duro que os polícias tiverom que disparar para prevenir disparos com muniçom real. Mais… um advogado dixo hoje ao diário local «Göttinger Tagesblatt» que pode provar que o seu cliente estava em Japom o 7 de julho de 2017. Japom está bastante longe de Hamburgo…

Ontem a polícia alhanou polo menos 13 propriedades em Frankfurt, Offenbach, Rossbach, Colónia, Hamburgo, Oldenburg e Dudenbüttel em relaçom com a cimeira do G20 em Hamburgo. Seis pessoas forom arrestadas.

Quatro das seis pessoas forom arrestadas por «pertença a uma organizaçom criminal» pola sua suposta participaçom nos distúrbios na manhá do 7 de julho de 2017 durante a manifestaçom no Elbchaussee. Tenhem entre 17 e 24 anos e provenhem de Frankfurt e Offenbach.

Além disso, houbo redadas para outras nove pessoas, que forom acusadas de incêndio premeditado, incumprimento grave da paz, resistência contra agentes da ordem e assalto criminal. Umha mulher em Colónia foi arrestada por saqueo e outro homem sem nenhuma relaçom com o G20 foi arrestado durante os alhanamentos.

Às 10:30 pm aproximadamente 60 pessoas marcharom espontaneamente à prisom de Holstenglacis em Hamburgo, onde as pessoas arrestadas ontem pola manhá foram encarceradas. As manifestantes solidárias figerom moito ruído com petardos, potas e tixolas e gritarom consignas. Cerca de 100 pessoas reunirom-se em Frankfurt ontem para discutir umha reaçom coletiva aos ataques (imagem de acima).

Estas nom seram as últimas redadas e ordens de detençom relacionadas com o G20. Os polícias tentam intimidar às pessoas com as suas açons em massa contra os oponentes da cimeira, especialmente para prevenir distúrbios deste tipo no futuro. Agora é importante a solidariedade com quem sofrem a repressom estatal. Há que ajudar às pessoas a reparar as suas portas, limpar as suas habitaçons, as escutar, mercar-lhes um computador portátil, coletar dinheiro para quem estam em prisom, escrever-lhes, etc.

Mais informaçom sobre a repressom relacionada com o G20 e os casos judiciais: United We Stand.

Deixa un comentario