Atençom ao dado: “El 38,47% no es el pueblo de Catalunya” Miquel Iceta

Gosto de fazer números e quando escuitei as declaraçons do primeiro secrétario do PSCquitando valor ao que a gente de Catalunya foi votar num referendum (e algumhas receberom a câmbio carinhos dos servidores da ordem constitucional espanhola), o primeiro que me veu a minha cabecinha tola foi que esse dado vinha a pôr em questom a quantidade de gente que se precisa para dar validez a um resultado eleitoral. É tem razom, um 38,47% do eleitorado nom deveria dar validez a nada.

Pero como além de tola, minha cabecinha tamém é retorcida, recabei estes surpreendetes outros dados (bom para ser sinceiro eu já os esperava) que espero fagam reflexionar:

França: Presidente Emmanuel Macron foi eleito tras acadar só o 18,19% do censo na 1ª volta, como nom foi suficinte foram a 2ª volta (só os 2 candidatos máis votados) e tivo um honroso42,61% na 2ª volta

Alemanha: Cancilher Angela Merkel em funçons e pendente de repetir tras quitar o 24,83% do censo e coménta-se que vai governar com o apoio do FDP e Os Verdes e entre todos sumariam um 34,03% da gente inscrita com direito a voto.

Espanha: Presidente Mariano Rajoy tirou um 21,74% e tras o paripé de si que sim ou nom que nom foi investido grazas aos votos de C’s e CC sumando um do 30,56% do total do censo espanhol

Portugal: Presidente Marcelo Rebelo de Sousa rebentando o visto até agora governa com só o voto do 12,04 % do eleitorado e índa assim acadou maioria absoluta na 1ª volta. Umha fera!

Galiza: Presidentinho Alberto Núñez Feijóo sem chegar ao recorde do pais vizinho tem maioria absoluta com só o 25,24 %

E haverá quem diga: “já pero nom é o mesmo umhas eleiçons representativas que um referendum”. E nom lhe falhara razom; assim que fum-me “hemerotequear” e acadei o seguinte:

Referendum sobre a permanência de Espanha na OTAN: O si ganhou com um 31,19% do total do eleitorado sob umha participaçom do 59,42%
Referéndum para a ratificaçom da Constituiçom espanhola: o si ganhou com o 58,97% do censo de 1978. Isso sim participou um 67,11%. Os dados dim que só fica com vida um 20% desse censo e tendo em conta que no tramo de idade de até 29 anos foi a mais abstencionista (46’5%) e nom sendo que as constitucionalistas vivam mais, isso daria que só ficam vivos uns 3 milhons de “espanholes á força” que votaram si.

Referéndum sobre a Constituiçom Europeia: com umha participaçom do 42.32% (só 4 pontos mais que o de Catalunya) os sies impugeram-se com o voto do 32,19% do total do eleitorado chamado a participar. Suponho que ao entender de Iceta “um 32’19% nom é o povo de Espanha”; se bem pertencer á sagrada Uniom Europeia formada por governos que sempre tiraram pola desfederaçom da Uniom das 15 Repúblicas Soviéticas e que despois lançaram-se á rapinha dos seus restos. Esses que tanto goçarom com seu derrubo agora cópiam o modelo, se bem em troques de ser Rússia a cabeça federalista, agora é Alemanha quem corta o bacalhau. Umha Uniom Europeia que já começou a desquebrajar-se.

E já para rematar e nom cansar a quem tivo a paciência de lêr até acá “tiruri, tirurá”:

Referendum para ratificar o Estatuto de Autonomia da Galiza e avisso: coidado Marcelo!!Com um 28,27% de participaçom do censo galego de 1981, o si tivo umha porcentagem sobre o total das galegas com direito a voto na altura “tatachim, tatachám” do 20,73% !! . Uiii…

Assim com estes dados nom é raro que saiam políticas, jornalistas e outras opinadoras a considerar a manifa espanholista do dia 8 em Barna como a maioria silenciosa que saiu por fim ás ruas, quando segundo seus próprios dados nom superaram o milhom de assistentes (350mil segundo a garda urbana de Colau). Suponho que para estas bocachas, as nacionalistas espanholas valem por 2 ou 6 independentistas catalás.

Alá Iceta baila-te umha peça e deixa-te de hipocrasia.

E até eiquí, até eiquí e pontos sospensivos…


Um artigo de ogajeironagavea.wordpress.com

Deixa un comentario