Syriza (“Podemitas mareantes da Grécia”) cada dia mais escorados á ultradireita.

Duas notícias de impacto acontecidas em Atenas lévam-me a escrever este cabeçalho que tem como protagonistas a essas plataformas eleitoraleiras que se montarom na Grécia ou nas “Espanhas todas” para que segam governando os mesmos capitalistas pero agora “ponhéndo-se morados”:

1ª) Polícia protege a sede de Aurora Dourada no 4º cabodano do seu assassinato do rapper antifascista Palos Fyssase a mãos de membros deste partido neonazi.

2º) Felipe González, mr X dos GAL, recebe o Prémio á Democracia da Cidade

Da 2ª nada mais vou engadir mas que deixar patente o bem que se lo montam alcaides e presidentes “democráticos” á hora de repartir-se prémios e loubanças entre eles.

Da 1ª recolho o publicado pola ANA e colo o vídeo:

No dia 16 de setembro, em Atenas, milhares de manifestantes antifascistas marcharam em direçom à sede do partido Aurora Dourada. A marcha ocorreu após quatro anos do assassinato do rapper antifascista Palos Fyssas, cometido por aproximadamente 40 membros neonazistas do Aurora Dourada, no dia 18 de setembro de 2013, em Keratsini, na grande regiom de Atenas.

Quando o protesto antifascista em memória de Pavlos Fyssas alcançou a sede do Aurora Dourada, os manifestantes foram confrontados por dezenas de policiais da tropa de choque, que protegiam o espaço dos neonazis, e os seus ônibus foram utilizados para bloquear todo o entorno. A proteçom da sede dos assassinos – que permanecem em liberdade enquanto o processo judicial se desenrola por quase três anos, ao contrário da maioria dos presos políticos, que permanecem encarcerados preventivamente até o julgamento efetivamente ocorrer – inflamou os ânimos das pessoas e resultou em um confronto.

Artigo do blogue ogajeironagavea.wordpress.com

Deixa un comentario